Maricá/RJ,

Breve depoimento – Zezé Motta



A atriz fala com o maior entusiasmo sobre a implantação nas escolas da Lei Federal 10.639/03: “Eu acho que essa coisa de você assimilar o discurso de que você é feio, isso é um discurso cultural. As crianças e os jovens precisam se orgulhar de suas origens. Depois que eu entrei para o Movimento Negro é que eu fiquei sabendo que o escritor Machado de Assis era negro, o pintor Timóteo da Costa, os engenheiros Antônio e André Rebouças.Então o que acontece com o jovem negro é que o modelo que ele tem é de ver na televisão o jogador de futebol, o compositor e o bandido. São esses os referenciais. Então é importante que essa lei se cumpra e que o negro conheça sua história.”

Zezé Motta – atriz, cantora. Atualmente respondendo pela SUPIR – Superintendência para Promoção da Igualdade Racial – RJ.
Fonte: entrevista concedida à antropóloga Roberta Guimarães – Jornal Batucadas Brasileiras. Ano 1 – Número 1 – outubro 2008.
http://www.batucadasbrasileiras.org.br/

0 deixe seu comentário aqui:

Visitantes recentes

Comentários recentes

Notícias

  © Template 'Kilombo Cultural' by Patrícia Custódio

Back to TOP