Maricá/RJ,

POEMAS

VAIDOSA

Por que tu passas toda vaidosa?
Sorrindo bastante!
Que muitas vezes nem sabes por quê...
Será por que todos te acham bonita?
E isto quem sabe te envaidece o ser...

Mas quero que entendas se é isto criança...
Que não adianta pra tua pessoa.
O mais importante é respeitarmos o amor,
Para termos valor, e ser outra pessoa.

Pensa nisto que agora te falo,
Não sou incapaz, para não entender,
Que a vida é tão curta...
Tão cheia de dores...
E de dissabores...
Para depois morrer.
  • Vivaldo Terres é poeta em Itajaí


Perdida

Perambulo, sem rumo, sem destino
nos sentidos vários da vida.
Pois há em mim um vazio.
De repente, em minha frente
apareceu uma sombra,
vejo-a na luz da saudade,
é a sombra de você,
que vem em meus pensamentos
sombrios,
preencher esse vazio.


Cabística


Oh Sereia dos rios e dos lagos...
Doce serpente...
A banhar-se e a mirar-se nas águas.
Vem me seduzir!
Embair-me!
Oh Quianda sagrada!
Quero naufragar e morre em teus braços!
No pelágio mais profundo quero sumir
Quero sumir e morre em teus braços...
Ouvir teu canto mais sagrado...
Viver e morrer em teus braços...

  • Samuel Congo da Costa é poeta em Itajaí

0 deixe seu comentário aqui:

Visitantes recentes

Comentários recentes

Notícias

  © Template 'Kilombo Cultural' by Patrícia Custódio

Back to TOP