Maricá/RJ,

UFJF concede título de professor Honoris Causa a Ailton Krenak


Krenak esteve na UFJF como mestre do
Movimento Encontro de Saberes (Foto: Caique Cahon)

A Universidade Federal de Juiz de Fora vai conceder, na próxima quinta-feira, dia 18, o título de professor Honoris Causa a Ailton Krenak, uma das maiores lideranças do movimento indígena brasileiro. Krenak vem trabalhando junto à UFJF desde 2014 em diversas atividades, com destaque para o Curso de Especialização “Cultura e História dos Povos Indígenas” e a disciplina “Artes e ofícios dos saberes tradicionais”.

“Embora esse reconhecimento tenha chegado junto com os meus 63 anos, é um ponto de partida, não de chegada. Este é um movimento para descolonizar a UFJF, abrir janelas para outros saberes e passá-los adiante”, diz Krenak, que é ambientalista, escritor e coordenador da Rede Povos da Floresta, dentre inúmeras outras ações voltadas para a agregação e união dos povos indígenas e dos povos da floresta.

A UFJF é a primeira universidade a outorgar esta titulação a um mestre do Movimento Encontro de Saberes, projeto nacional que tem o objetivo de levar à academia conhecimentos tradicionais. “Vejo como um privilégio para a Universidade a oportunidade de conceder essa honraria a Ailton Krenak, cujo trabalho tem alcance e relevância internacional. Começamos por uma pessoa que não deixa dúvidas quanto à sua capacidade e competência”, diz o coordenador do curso “Cultura e História dos Povos Indígenas” e das disciplinas do Encontro de Saberes na UFJF, Daniel Pimenta.

O trabalho do líder indígena na UFJF 
foi iniciado em 2014 (Foto: Frederico Bozza)

Como líder indígena, Krenak espera que a decisão da UFJF abra caminho para a ampliação do conhecimento também em outras instituições de ensino. “A UFJF avança com um sinal importante para outras universidades, especialmente as públicas, acerca da importância de integrar conhecimentos que não são os dos cânones ocidentais que orientaram até hoje a história brasileira. Diferentes saberes estão sendo integrados como recursos, e isso é fundamental”, diz, destacando que trata-se de um ganho coletivo. “Sempre ouvi comentários preconceituosos, mas um grande contingente da população à margem da leitura e da escrita é portador de conhecimento. Hoje a universidade se abre para outras formas do saber e fico feliz por fazer parte disso. É uma vitória coletiva não só dos indígenas, mas de outras culturas da oralidade e da memória.”

O título

O título de professor Honoris Causa é concedido pela UFJF a personalidades, nacionais ou estrangeiras, cujas atividades, publicações ou descobertas tenham contribuído para o progresso da educação, das ciências, das letras e das artes. O processo para outorga da honraria a Ailton Krenak foi iniciado no Departamento de Botânica, passou pelo Instituto de Ciências Biológicas e foi, em seguida, aprovado também pelo Conselho Superior (Consu). A entrega do título será feita em sessão solene, às 19h desta quinta-feira, no Mamm. O evento é aberto ao público.

Fonte: http://www.ufjf.br/

0 deixe seu comentário aqui:

Visitantes recentes

Comentários recentes

Notícias

  © Template 'Kilombo Cultural' by Patrícia Custódio

Back to TOP