Maricá/RJ,

V CBPN - Congresso Baiano de Pesquisadores Negros - “Produções culturais Afro-Brasileiras e diversidade: territorialidades, histórias e saberes”



Apresentação

Em 2015, o Órgão de Educação e Relações Étnicas (ODEERE) da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), promoverá com a Associação de Pesquisadores Negros da Bahia (APNB) o V CBPN - Congresso Baiano de Pesquisadores Negros.

O V CBPN acontecerá na UESB, Campus de Jequié, entre 16 e 20/11/2015 e tem como tema “Produções culturais Afro-Brasileiras e diversidade: territorialidades, histórias e saberes”. O evento será articulado com o IV Encontro Estadual de Educação das Relações Étnica, a XI Semana de Educação da Pertença Afro-Brasileira e o II Seminário do Mestrado em Relações Étnicas e Contemporaneidade, já organizados pelo Órgão de Educação e Relações Étnicas – ODEERE.

A parceria se apresenta como uma oportunidade ímpar ao reunir vários pesquisadores, docentes e discentes de todo o Estado da Bahia, bem como, pessoas interessadas pela temática.

Desde a sua primeira edição, o CBPN tem buscado atingir os seguintes objetivos: promover intercâmbios sobre as experiências de pesquisas; tomar posições que implementem ações de participações efetivas nos debates sobre assuntos relacionados à africanidade e questões raciais; inventariar as áreas e temas de interesse dos pesquisadores negros; criar estratégias com vistas a buscar apoio e convênio com as instituições de fomento nacionais e internacionais; propor mecanismos de divulgação de resultados das pesquisas concluídas e em andamento; apresentar e participar de projetos e atividades de Programas de Graduação e de Pós-Graduação, que visem a contribuir para a implementação da Lei 10.639; fomentar o intercâmbio com instituições que estão discutindo temas diretamente ligados aos interesses das populações negras.

A programação dos eventos incluirá palestras, conferências, minicursos, oficinas, mostras de fotografia/vídeo e apresentação artísticas.

Nossa intenção é dar visibilidade às pesquisas, estimular a produção e divulgação de novos estudos que contribuam para promover o intercâmbio entre universidade e comunidade, bem como garantir a ampliação de espaços para debate de investigações, propostas e reivindicações que possam contribuir para as reflexões sobre as diretrizes Curriculares Nacionais para o ensino de História e Culturas Africanas e Afro-brasileiras.

Fonte: http://www.uesb.br/

1 deixe seu comentário aqui:

FRATERNIDADE UMBANDISTA LUZ DE ARUANDA 26 de abril de 2015 16:08  

Profa. Patrícia, preciso falar contigo, favor mandar e-mail p/ fuluzderuanda@gmail.com

Grato!

Sergio Navarro Teixeira.

Visitantes recentes

Comentários recentes

Notícias

  © Template 'Kilombo Cultural' by Patrícia Custódio

Back to TOP